Blog do Menon

Ceni aposta e Cotia decide

menon

O Whatsapp não tem imagem, mas tenho certeza que os olhos de Capitu do trepidante Dassler Marques estavam cintilando quando ele me avistou que o São Paulo terminava o jogo com cinco jovens de Cotia em campo. Importantes na vitória sobre o Santos, algo que não ocorria desde 2009. Dassler é um entusiasta da aposta em jogadores da base.

Rogério Ceni também. Desde que chegou, disse que apostaria nos garotos revelados em Cotia. E hoje já se pode dizer que Buffarini e Bruno disputam um lugar na lateral direita. A esquerda é de Junior Tavares, comprado do sub 20 do Grêmio por 500 mil.

Luiz Araújo fez dois gols, mostrou velocidade e muita ajuda no meio, na recomposição da equipe. O segundo gol veio com um belo passe de Araruna, grande aposta de Ceni. Araruna, de pouco físico, era reserva do brucutu Banguelê. Tem entrado em todos os jogos e mostrado bom passe.

Rodrigo Caio é jogador de seleção. Subiu, ficou entre a zaga e o meio campo. Firmou-se, foi campeão olímpico e está também na seleção principal. Irá para a Europa, como também vai João Schmidt, que atuará apenas até o meio do ano. Se treinadores anteeriores tivessem lhe dado maior atenção, poderia render um bom dinheiro.

Com toda a força de Ceni, parece estranho que o clube tente contratar Sherman Cardenas, colombiano que não deu certo no Galo e nem no Vitória. Shaylon e Lucas Fernandes estão prontos para ocupar seu espaço.