Blog do Menon

Sorteio maluco deixou São Paulo com a mais feia e Timão com o velho rival

menon

A qien tocó danzar con la mas fea? O ditado espanhol serve para contar de sorteios bons para una e ruins para outros. Tem a ver com a não tão inocente brincadeira adolescente, em que uma garrafa giratória decide quem beija quem. Não há dúvida. O sorteio da Copa do Brasil decidiu que o São Paulo dançará com a mais feia, beijará quem não queria beijar, enfrentará a parada mais dura.

São Paulo x Cruzeiro.

Na verdade, a parada é dura para o Cruzeiro também. É o jogo mais equilibrado entre os cinco. Equilibrado é o time do Cruzeiro, dirigido por Mano Menezes. Chegou com tranquilidade a esta fase, eliminando Volta Redonda, São Francisco e Murici, com 14 gols a favor e apenas um contra. Os adversários são fracos? Sim, mas ele cumpriu seu papel e goleou.

O São Paulo passou pelo Moto Clube, PSTC e ABC, três vitórias e um empate. Nove gols a favor e quatro, contra. Mosrou, na Copa do Brasil, um equilíbrio que não teve no Paulista, onde a média de gols sofridos é de dois por jogo. Seu poderio ofensivo é grande e pode levar muitas preocupações ao Cruzeiro. O primeiro jogo será no Morumbi e, para ter boas chances, é preciso fazer um jogo seguro, em que leve no máximo um gol.

Corinthians x Internacional

Eu gosto deste tipo de competição em que as bolinhas fazem o imponderável entrar em campo. A Copa do Brasil deveria ter uns 320 clubes decidindo tudo em um jogo só, com mando definido também pelo sorteio. As emoções estão presentes em todas as rodadas. Estarão em Corinthians x Inter, um duelo entre dois gigantes com um histórico de rivalidade. O DVD e a expulsão de Tinga sairão do baú novamente. O Corinthians eliminou a Caldense, o Brusque e o Luverdense. Duas vitórias e dois empates, com quatro gols marcados e apenas um sofrido. O sistema defensivo do Corinthians é um bilhete para a estação sucesso.

O Inter mostrou-se um furacão contra Princesa do Solimões, Oeste e Sampaio Correa. Foram quatro vitórias, com 15 gols marcados e apenas dois sofridos. É uma campanha enganosa, pois o time está indo muito mal no Gauchão.

O Fluminense, dentre os times do eixo, ficou com a missão mais fácil, diante de um Goiás que ainda tenta se reerguer de insucessos recentes. Falar do eixo como sinônimo de excelência nem sempre é correto. Sinônimo de tradição, sim. De excelência, nem sempre. É o caso do Vasco e sua torcida tratando como um grande fracasso a eliminação para o Vítória. Ora, no momento, o Vitória é bem melhor. E tem boas condições de classificação diante de Asa ou Paraná. O Sport teve o melhor resultado no sorteio. Enfrenta o Joinville, que está na Série C. É a mais bonita moça que a garrafa poderia lhe reservas.

Os meus favoritos são Corinthians, Sport, Fluminense e Vitória.

Vejo muito equilíbrio no duelo entre Cruzeiro e São Paulo.