Blog do Menon

Arquivo : shaylon

São Paulo gasta ou é sofrência até dezembro
Comentários Comente

menon

Pablo e a sofrência vão embalar o Brasileiro do São Paulo

Horas antes do clássico do desespero entre Cruzeiro e São Paulo, o executivo Roberto Menin, do Banco Intermedium e da construtora disse que a torcida tricolor poderia ter uma grande notícia nos próximos dias. Patrocínio. Dinheiro. É o que pode fazer o São Paulo sair da lamaceira em que está.

Não que o elenco seja tão ruim como a torcida pinta. Inclusive, os resultados são muito abaixo do que o grupo de jogadores pode apresentar. Tanto em resultado como em organização. No jogo contra a Raposa, o São Paulo não foi pior. Teve até boas chances no primeiro tempo, mas quando sofreu um gol ridículo, com participação elétrica do gandula e sonolenta de Maicon, mas quando precisou reagir, não tem como: o elenco falha.

As contratações foram baratas e o pessoal da base não está confirmando o que se falava e esperava dele. Então, o que se vê é o seguinte:

Cueva é o único armador do time. Jogou aberto na esquerda, para puxar o contra-ataque. Mas o peruano não está bem fisicamente. Teve uma distensão muscular e voltou após 17 dias, o que é apressado. E quando ele não joga, o substituto é Thomas, um jogador sem currículo algum. Eu não acredito em contos de fadas: jogador de 30 anos que está jogando na Bolívia não é solução para nada. Resumindo: o time não tem como jogar com dois armadores porque Thomas, Shaylon e Lucas Fernandes não estão à altura. E o único bom está machucado.

No início do ano, Ceni contava com quatro atacantes rápidos pelo lado do campo: Neres, Nem, Luiz Araújo e Neílton. Neres foi para a Holanda, Nem para o Reffis, Neílton foi despedido e Luiz Araújo caiu muito. Fora contratados Morato, que fez um bom jogo e se contundiu, e Marcinho, que não vai resolver nada.

Junior Tavares caiu muito, inclusive no ataque, seu forte. João Schmidt está de saída. Bruno é bom no ataque e Buffarini é bom na defesa. Maicon não é o deus da zaga coisa nenhuma.

O São Paulo precisa de reforços. Ou vai ouvir Pablo o ano inteiro


Torcedor do São Paulo não deve se iludir. Não há novos menudos
Comentários Comente

menon

Em 11 de abril de 1985, o São Paulo empatou por 2 a 2 com o Grêmio no Pacaembu. Apesar do resultado, o time saiu aplaudido de campo. Os torcedores se levantaram e aplaudiram…a esperança. Sim, aquele era o time dos Menudos, com jovens recém chegados ao time profissional. O time de Silas, Muller, Sidnei e Vizolli, que saiu perdendo por 2 a 0 já com 15 minutos de jogo e empatou aos 35 minutos do segundo tempo. O Grêmio tinha Renato Gaúcho, Caio Jr, Bonamigo e Alejandro Sabella, que se tornaram treinadores. Tinha ainda Tarciso, Valdo, Casemiro e Baideck, que foram brecados pelos garotos tricolores.

Garotos? Nem tanto. Os quatro – Bernardo chegaria no ano seguinte – tinham uma sólida base a lhes dar respaldo. O São Paulo dos Menudos era também o São Paulo de Oscar, Dario Pereira, Pita e Careca.

Por isso, acho arriscado vender-se a tese de que a atual geração da base tricolor – a turma de 96 – possa a ser o que os Menudos foram. Possam ter o mesmo sucesso.

Alem da base vencedora, de jogadores experientes, não se pode comparar o talento dos jovens de hoje com Muller. Apenas para comparar, Muller foi mais jogador que Kaká. Silas também era ótimo. Não é à toa que, no ano seguinte, estavam na Copa do Mundo.

Comparações são difíceis, há uma tendência a achar tudo o que passou melhor, mas ninguém há de duvidar que Muller teve um parceiro que David Neres não terá nem se for convocado por Tite para a seleção. Careca é excepcional, foi um dos maiores centroavantes da historia do futebol brasileiro. Técnico e letal.

Está o São Paulo errado, então, em contratar Junior Tavares, Shaylon e Gabriel Rodrigues? Em fazer novo vínculo com Foguete? Em dar respeito e moral a Tormena, Lucas Kal, Araruna, Pedro e Artur?

Não, absolutamente não. Está muito correto. Tem de usar todos, tem de testar muito. Basta ver o Santos. Basta ver o próprio São Paulo, de Jean e Hernanes. Se Neres não será um novo Muller, Araruna tem toda pinta de ser um novo Jean.

O erro é criar-se a falácia de que um time de garotos fará sucesso. Será como os Menudos. Não serão porque não há ninguém como Muller. Talvez Lucas Fernandes e Shaylon cheguem a ser um Silas. E estão chegando, sejamos claros, a um time muito ruim.

Os garotos são ótimos, mas acreditar que são a salvação serve apenas para atrapalhar a carreira deles. E a aliviar a diretoria de seus afazeres. Afinal, Leco não falou em reforços do nível Pratto e Fred?


Sucesso do sub-20 aumenta aposta do São Paulo na base. Bauza já foi avisado
Comentários Comente

menon

O sub-20 do São Paulo fez uma excursão vitoriosa à Argentina. Em cinco dias, venceram o time principal (desfalcado) do Chacarita, e as esquipes sub-20 de San Lorenzo e River Plate. Venceram os dois primeiros por 2 x 1 e o terceiro por 6 x 1. Os gols foram de Murilo, quatro, Shaylon, dois, Pedro, Luiz Araújo, Caíque e Café, um cada.

O sucesso fez com que Luiz Cunha, diretor de futebol, ficasse ainda mais convencido que a base deve ser primordial na hora de

Murilo fez quatro gols na excursão à Argentina

Murilo fez quatro gols na excursão à Argentina

reforçar o elenco para o restante da temporada. Ele e Leco avisaram a Bauza que o pedido de cinco reforços ficará mesmo no campo dos sonhos.

Três é o número mágico. Um deles é um centroavante, apesar de a diretoria ainda lutar pela manutenção de Calleri, caso o argentino não consiga fechar uma transação para a Europa.

Zagueiro também é prioridade. O clube luta por Maicon, mas não tem nada fechado. Rodrigo Caio pode ficar 18 jogos fora por causa da Copa América e da Olimpíada. Lugano e Breno são incógnitas físicas. Lucão, Lyanco e Kal são as outras opções.

Kal, Luiz Araújo e Banguelê já estão com o time principal. Outros virão.

O sub-20 do São Paulo disputará a Copa São Paulo, que começa dia 3 de julho. São 27 clubes divididos em quatro grupos. Os quatro primeiros se classificam. A final do campeonato será dia 27 de novembro. Paralelamente, participará do Campeonato Paulista da categoria. O clube tem dois times sub-20 e um sub-19. O sub-19 assumirá alguns jogos do paulista.

Pela Copa Paulista, o São Paulo não poderá mandar jogos no CT de Cotia. Está procurando um estádio.

 

 

 

 

 

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>