Blog do Menon

Juiz ajuda e o ótimo Corinthians vence
Comentários 325

Menon

O uruguaio Daniel Fedorczuk anulou um gol do Independiente no final do jogo e garantiu a importantíssima vitória corintiana na Argentina. Impedimento totalmente equivocado.

Foi um jogo de alto nível. O Independiente com um toque de bola invejável e muitas triangulações dominou. Mas o Corinthians nunca abdicou do jogo. Sempre teve o contra-ataque bem armado.

Não foi só isto. O Corinthians também foi dono de partes do jogo, impondo seu ritmo e acuando o Independiente, a partir de uma grande partida, mais uma, de Rodriguinho. É de Jadson, o parceiro.

O gol ficaria bem para os dois times. Foi do Corinthians, com a cabeça de Jadson. O empate faria justiça. O árbitro impediu.



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


Andrés acerta com Roger e em negar voto a Caboclo
Comentários 22

Menon

Andrés Sanchez ''cometeu'' três acertos nos últimos dias.

O primeiro foi a contratação de Roger. Dentro do mercado brasileiro e considerando-se que o Corinthians não tem dinheiro sobrando, ele pode ajudar muito o clube. Desde que volte a retomar a trajetória ascendente que começou a ter na Ponte e que o levou ao Botafogo onde brilhou. No Inter, não foi bem. A troca com Lucca pode ser boa para os quatro, jogadores e clubes. Não se deve pensar em Roger como um salvador, mesmo porque o Corinthians não precisa ser salvo. Mas ele é um jogador que poder render (epa, quase usei o modernoso ''entrega'') muito mais que Kazim e Júnior Dutra. Juntos.

O segundo acerto de Andrés foi não votar em Rogério Caboclo, o novo presidente da CBF. Andrés esteve junto com o presidente do Flamengo e do Atlético-PR. O motivo específico não foi esclarecido, mas foi um grande acerto. Sempre é um erro dar aval a essa gente que tem levado o futebol brasileiro à níveis indecentes de imoralidade. Havelange, Teixeira e Marín são uma linha contínua e indissolúvel de corrupção comprovada. Marco Polo del Nero é o sucessor deles. Se sair do Brasil, pode ser preso. E Caboclo é o escolhido por Del Nero. Um candidato único, eleito pela força da reforma dos estatutos, que dá muito mais valor ao voto das federações do que ao voto dos clubes. O presidente da federação do Acre tem mais força que o presidente de Palmeiras, Santos e São Paulo. Pena que eles aceitam isso. Importante lembrar que Andrés não e santo. Santo é o Alckmin. Bem, Andrés, pensando apenas no Corinthians acabou com o Clube dos 13, bem ou mal, um fator de união entre os grandes clubes.

O terceiro acerto é se antecipar e dizer que teme retaliações. Politicamente, sempre é bom se antecipar aos fatos. E é verdade. O discurso de Caboclo é medíocre, não tem nada a ver com estadismo. Diz que vai governar em união com aqueles que o apoiaram. Me ajuda que eu te ajudo. Me cita que eu te cito. Tamojunto. É a mediocridade no poder. E a mediocridade não busca a união. Busca a supremacia, busca ajudar os seus.

Que Andrés continue acertando, como Galiotte está acertando em peitar a Federação Paulista. Que os presidentes estejam à altura da grandeza de seus clubes.



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


Everton é ótimo “bom jogador”
Comentários 4

Menon

Everton não é craque. Não é gênio. Mas é um jogador muito importante no atual estágio do futebol brasileiro. Basta dizer que há tempos tem jogado mais que os badalados Diego e Everton Ribeiro.

Ele corre por toda faixa lateral esquerda do campo. Vai ao ataque, mas também recua para ajudar o lateral. E é ele mesmo o lateral em algumas situações. É comum a entrada de Vinícius Jr no lugar de Renê e o recuo de Everton.

É um ótimo bom jogador.

Ele participa muito do jogo, tem bom posicionamento tático e leitura do jogo. Jogador de perfil baixo, sem estrelismo, vai ajudar o São Paulo.

O preço? É caro. O jogador tem 29 anos e não será revendido. Não dará retorno financeiro, apenas técnico. O São Paulo pagou a multa, não houve negociação.

Com a chegada de Everton, consuma-se a troca de Pratto por Diego Souza + Jean + Trellez + Carneiro + Everton. Os valores se equivalem. Bom negócio. Pode ser ótimo se Diego Souza de de recuperar.



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


Bem, amigos, cadeira vazia é desrespeito ao Palmeiras
Comentários 80

Menon

Jogadores do Palmeiras se recusaram a participar do Programa Bem, amigos…

Foi por decisão própria?

Não sei.

Foi orientação do Palmeiras, que paga direitos de imagem e decide onde eles devem ir?

Também não sei.

Se foi por decisão própria, qual o motivo?

Acabou o shampoo? Estavam com saudades de casa? A camisa estava rasgada? Eles não gostam da Globo?

Não sei, não sei e não faço a mínima ideia…

E, se foi por decisão do Palmeiras?

Foi represália pelas negociações pelos direitos a partir do ano que vem? Não gostaram da transmissão contra o Corinthians? Consideram que houve interferência externa da Globo?

Desculpem, mas não tenho notícias a respeito. Nada sei.

O que eu tenho a dizer sobre o assunto, se nada sei?

A cadeira vazia.

É uma arrogância enorme, é um desrespeito ao jogador, é um desrespeito ao clube. Colocar uma cadeira vazia no estúdio e dizer que ela era reservada aos jogadores do Palmeiras é o reflexo do que considero jornalismo de intimidação.

Ninguém, ninguém, em hipótese alguma é obrigado a dar uma entrevista. Mesmo que todos considerem que não dar a entrevista é ruim. Mesmo que os torcedores fiquem sem informação.

Dar ou não dar entrevista é uma opção do cidadão. Dar entrevista não é obrigação, não é aceitar correndo um tempinho que a televisão lhe reservou. Entrevista não é uma dádiva do meio de comunicação. Também não é um favor do entrevistado.

Se a pessoa opta por não dar uma entrevista, seu direito deve ser respeitado. Colocar lá uma cadeira vazia é desrespeitar esse direito. É constrangimento. É insinuar que a pessoa é covarde.

O mesmo vale para debate eleitoral. O candidato X decide que não irá ao debate. Por estar mal na pesquisa. Por estar bem. Não interessa. É um direito dele. E, pronto, lá vai a televisão colocar uma cadeira vazia. Por que uma cadeira vazia, se foi avisado com tempo que o Fulano não iria? Puro constrangimento. Pura coação.

É preciso respeito. Não houve respeito com o Palmeiras.

Tags : palmeiras



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


Brenner tem choro de fibra. Não está pronto
Comentários 8

Menon

O choro de Brenner, convulsivo, foi emocionante. Mostra um garoto de 18 anos com muita fibra. Alguém que se importa com o clube, com os colegas e com a profissão.

Dignidade.

Mas há o outro lado. Brenner não está pronto. Mostrou instabilidade imensa contra o Palmeiras, na derrota que culminou com a queda de Dorival Jr.

Brenner surgiu no sub-17 de maneira espetacular. Foi para a seleção e jogou o Mundial. E Rogério Ceni o levou para os profissionais. Nem terminou o ano no sub-17. Nem jogou a Copinha.

Não teve a oportunidade de amadurecer. Como Liziero, por exemplo.

Poderia dar certo? Sim. Deu certo com Denilson, em 93. Deu certo com Gabriel Jesus. Não está dando certo com Brenner. Estava indo bem, perdeu espaço com Diego Souza e sentiu.

Um passo atras pode ser bom. Voltar ao sub-20 pode ser melhor para sua carreira do que apenas treinar no principal.

 



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


Lucas Lima é sono. Botafogo é luta
Comentários 30

Menon

O campeão carioca estreia empatando em casa com o vice-campeão paulista. Resultado ruim, se pensarmos apenas assim, sem profundidade. Mas a verdade é que as aspirações do Palmeiras são maiores que as do rival.

Precisa avisar o Lucas Lima. O armador do Palmeiras joga atrás do tridente Dudu, Bigode e Keno. Tem a obrigação de fazer os três se fartarem com bons passes.

Nada disso. Foi burocrático e sonolento. E o Palmeiras viveu de Keno. O Botafogo apostou em bola alta para Rabelo e Carli e equilibrou o jogo.

Roger trocou Lucas Lima por Guerra. E o time melhorou muito. O gol saiu com Dudu, pelo meio, servindo Guerra. Movimentação e troca de posições, o que não havia antes.

O Botafogo é valente e foi em busca do empate, com Kieza, Pimpão e Marcus Vinicius. Deu espaços? Deu, mas pressionou, lutou e conseguiu o empate, após falha de Felipe Melo.

Empate justo entre um time valente e um burocrático.



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


Brasileirão – Dez toques (1)
Comentários 3

Menon

Rodriguinho comandou o Corinthians na vitória sobre o Fluminense. Fez os dois gols, como já havia feito outros dois, contra São Paulo e Palmeiras, que resultaram no título paulista. É o dono do time.

Arbitragem sob suspeita. Suspeita técnica, bom que se diga. Os árbitros são ruins e os jogadores não ajudam. E a CBF, que tem muito dinheiro não banca o árbitro de vídeo. É um erro culpar os clubes foram contra a implantação do VAR. A culpa não é deles. A culpa é da CBF.

Rildo voltou ao Vasco e cavou um pênalti decisivo. Dia 26 haverá um novo julgamento mas parece que a história de ficar ausente enquanto João Paulo, que ele machucou em um lance grotesco, não puder voltar é pura ilusão.

Furacão goleou a Chapecoense. E jogando muito bem, com trocas de posição e muitos passes. Fernando Diniz está se saindo muito bem em seu primeiro teste em um time grande. E a opção de jogar o estadual com time de garotos deu certo. Foram campeões.

Coelho goleou em seu primeiro clássico. Venceu o Sport com facilidade. Foram três pontos conquistados dentro do ''seu campeonato'', contra um rival direto. Foi um salto contra o rebaixamento. E o Sport vai mal, vai muito mal.

Rodrygo é mesmo um novo raio a cair na Vila. E dos mais luminosos. Só para lembrar: Pelé, Juari, Robinho, Diego, Neymar…Muito bom o trabalho do Santos na base. É a salvação.

Gustagol, do Fortaleza, fez um gol de falta aos 49 minutos do segundo tempo, garantindo a vitória por 2 x 1 sobre o Guarani. Uma cobrança maravilhosa, típica de Rogério Ceni. O atacante disse que tudo foi muito bem treinado no dia anterior. É bonito de ver quando o trabalho dá resultado.

Coritiba fez uma partida apavorante (para seus torcedores) diante do Sampaio Correia. Totalmente dominado, sem fibra e sem nenhum alento técnico. O treinador já caiu. E os jogadores.

Cléber Gladiador chega ao Fluminense. Pode até ajudar o time, mas é uma prova de como nosso futebol está em baixa. É um jogador que não respeita o clube, está sempre dando um jeito de sair e que há tempos não apresenta resultados.

Náutico e Santa Cruz empataram na Série C. Uma tristeza ver dois times de tradição, com torcida e títulos se arrastarem tão longe da elite do futebol brasileiro. Falta de gestão para fazer a paixão obter resultados. Que subam logo



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


CBF sabota o Brasileiro
Comentários 55

Menon

Demorou pouco. Foi no segundo jogo do Brasileirão. E apareceu a primeira consequência da sabotagem que a CBF faz com seu principal campeonato, com seu ''produto'' mais rentável.

Vinte milhões. É o que custa a implantação do árbitro de vídeo. Algo que já faz parte das regras do futebol. Estará na Copa do Mundo.

E a CBF, uma entidade milionária, diz que não tem dinheiro. Faça um empréstimo. Seria importante para diminuir a justa pecha de entidade corrupta, solidificada nas gestões Havelange, Teixeira e Marin. É a desconfiança, sem provas, continua com Del Nero.

O árbitro de vídeo impediria marcação de pênalti, cartão vermelho e gol. Mas, para quê?

E ainda houve outro erro pavoroso com o gol de Rever. Um impedimento grotesco. Grosseiro.

O juiz talvez seja punido. Até o próximo erro dele ou de algum outro.

E a CBF cada vez mais rica.

 

Tags : cbf



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


Palpites para a primeira rodada
Comentários 7

Menon

Amigos, minha meta é acertar 50% esse ano. Vamos tentar

Cruzeiro x Grêmio – Empate

Vitória x Flamengo – Empate

Santos x Ceará – Santos

América x Sport – Empate

Inter x Bahia – Bahia

Corinthians x Fluminense – Empate

Vasco x Galo – Vasco

Furacão x Chape – Empate

São Paulo x Paraná – São Paulo

Botafogo x Palmeiras – Palmeiras

 



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.


São Paulo gasta R$ 45 milhões. É hora de cobrar
Comentários 37

Menon

Com a chegada de Everton, o São Paulo chegará à quantia de R$ 45 milhões em reforços.

Além dos R$ 15 milhões pagos pelo atacante do Flamengo, já foram investidos R$ 10 milhões em Diego Souza, mais dez em Jean, seis em Trellez e R$ 2,6 milhões em Gonzalo Carneiro.

É uma quantia considerável. Coloca o São Paulo como um dos players do mercado. Só usei esse termo para passar um pouco de vergonha. Mas, fiquem tranquilos, clean sheet, aqui não.

Bem, quem gasta muito, precisa ser muito cobrado. Um clube com esse investimento precisa ficar entre os seis primeiros. No mínimo, mesmo se considerando o estado de terra arrasada em que o clube estava.

A lua de mel com Raí precisa acabar. Está na hora de cobrar.

Everton precisa ser uma contratação que dê retorno. Raí errou com Diego Souza e Trellez. Pagou muito. Diego tem 32 anos, fez um Brasileiro sem brilho e ainda deu lucro ao Sport. Pode reagir? Acredito que sim. Trellez é ruim de bola. Pode reagir? Acredito que não.

E Jean? Muito caro. Dificilmente será titular esse ano. Se fosse para esperar, melhor dar chance a Perri.

O Brasileiro começa agora. É a notícia boa para os são–paulinos é que o time pode e deve ser cobrado. Sem coitadismo.

PS – A assessoria de imprensa do São Paulo me procurou. Eles explucex que o São Paulo pagou 6 milhões por 75% dos direitos de Jean. O valor chegará a 10 milhões de ele for titular em 70% dos jogos até junho de 2019. Ou em caso de uma proposta de compra.

 

 



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.