PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Menon

#46 A aposta errada de Diego Costa

Menon

18/06/2014 20h58

Diego Costa não merece as vaias que levou no Brasil. Não é um traidor. Nesse mundo globalizado, com times multirraciais, fez sua opção estratégica. Preferiu jogar na campeã do mundo. Sua decisão deve ser respeitada, mas houve também um exagero quando disseram que ele havia optado por quem lhe abriu as portas e não por quem nunca lhe deu valor. Nada disso, foi uma opção mercadológica. Tanto que, em março do ano passado, aceitou a convocação de Scolari e fez dois jogos pelo Brasil.

Agora, poderia estar sendo ovacionado em campos brasileiros. Acredito que seria titular no time de Scolari. Tem jogado bem melhor que Fred.

Não quis. Agora, convive com vaias.

Jogou seus dados e perdeu. Participou da vexaminosa campanha da campeã mundial. Assim será lembrado. Nem precisava de vaias, né?DIEGO COSTA

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Menon