Blog do Menon

São Paulo troca de treinador. André Jardine assume o sub-20

Menon

O São Paulo está contratando o gaúcho André Jardine, de 35 anos, para dirigir a equipe sub-20. Indicado pelo coordenador Júnior Chávare, ele está em São Paulo para acertar contrato com Carlos Miguel Aidar. ''Saiu daqui todo animado para o acerto. Estava feliz e confiante'', disse um amigo.

André Jardine trabalhou por dez anos na base do Inter. Saiu em 2013 para o Grêmio. Em seu currículo tem um aproveitamento muito bom em grenais. Ganhou 17, empatou 15 e perdeu três. Os números no Grêmio são muito melhores. Ele assumiu o sub-17 e venceu sete partidas seguidas. Foi promovido para o sub-20 e venceu 16, empatando outras duas. Foi campeão nas duas categorias, mas não esteve nas duas últimas que decidiram o gaúcho.

Havia assumido o time principal do Grêmio, com a queda de Enderson Moreira. A diretoria disse que ele ficaria de forma interina até a contratação de um novo treinador. Com ele, o time foi derrotado pelo Vitoria, em Salvador. Então, assumiu Luis Felipe Scolari, que trouxe Murtosa e Ivo Wortmann como auxiliares.

Jardine ficou sem espaço. Voltou para a base, assumindo uma função administrativa e foi demitido no final do ano, juntamente com Chávares. Felipão colocou o amigo Luciano Dias como coordenador da base.

O treinador que está assumindo o São Paulo gosta de se espelhar em Guardiola e em Bernardinho. ''Detesto time que dá chutão, goleiro precisa jogar com os pés e volante tem de ter bom passe. Sou um treinador sanguíneo, que busca atenção total e participação intensa juntamente com os jogadores''.

Os últimos treinadores do São Paulo sub-20 foram Menta, Baresi e Vizolli.



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.