Blog do Menon

Até quando, São Paulo? Até quando, Corinthians? Até quando, juizada?

Menon

O São Paulo voltou a marcar pressão alta, como no início do campeonato. Foi agressivo, principalmente no segundo tempo. Foi um time aguerrido, dividindo todas e com boas opções de ataque, mais pelo lado do que pelo meio. Normal, pois Cueva e Pratto não jogaram. Perdeu a vitória por um erro incrível de posicionamento da defesa em uma bola alta. Mais uma vez. Até quando? Resultado? Está há cinco jogos sem vencer.

O Corinthians veio para empatar. Os jogadores assumiram a postura sem negar, o que é bacana. No intervalo do jogo, disseram que estavam fechados porque o rival tem um ataque rápido. No final do jogo, Jô reafirmou a opção. Não havia nenhum arrependimento. É um time consciente da tática da defesa forte e ataque nulo. Falaram também de uma evolução que eu, sinnceramente, não consigo ver. É sempre a mesma coisa. Até quando? Resultado? Está há cinco jogos sem vencer.

O juiz foi uma piada. Wellington Nem deu uma entrada duríssima, na lateral do campo, em Leo Jabá. Merecia o vermelho, levou amarelo. Mais tarde, fez outra falta dura. Típico de amarelo. Não foi advertido. No final do jogo, em uma dividida com Camacho, levou um amarelo e, por consequência, o vermelho. Não fez nada no lance. Nada. Pablo, no primeiro lance de Nem, chutou a bola para fora. Um bico. Levou amarelo. Mais tarde, fez uma falta dura. Não foi nem advertido.

E, ainda por cima, deu um amarelo para Maicon, na hora da comemoração do gol. Imbecilidade.

Até quando os juízes vão atrapalhar os jogos e contar com a condescendência de todos? Ah, é difícil apitar, ah, tem muitas câmeras, ah… Juiz ganha bem e precisa ser cobrado.