Blog do Menon

Barcelona perdeu a magia

Menon

''Vamos ver se esse Barcelona é tudo isso mesmo''. O ousado desafio de Léo, em 2011, continua ridículo, mas sob novas circunstâncias, mostra-se mais plausível e menos delirante.

A verdade é que o Barcelona continua sendo um timaço, mas perdeu a magia. Não é mais a referência de futebol bonito, de futebol lúdico. Alguma coisa se quebrou. Ou, pelo menos trincou. Há fissuras que trazem questões.

Messi diminui seu rendimento sob pressão? Como Suárez passa um jogo todo sem receber um bom passe? Iniesta não mais surpreende? Por que Neymar vai bem no primeiro tempo e Messi no segundo? Por que não os dois ao mesmo tempo e agora?

A Juventus foi estoica. Defendeu com classe e suor. Cuadrado foi presente o tempo todo. Merece todos os elogios.

Mas o destino dos times estoicos é valorizar vitórias mágicas de times mágicos. Pena que o Barcelona não seja mais mágico.