PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Menon

Pintado caiu porque teria traído Rogério Ceni

Menon

10/07/2017 17h06

Pintado deixa o CT da Barra Funda e talvez vá para Cotia, em um cargo administrativo. Houve um consenso de que ele não teria sido correto com Rogério Ceni, colaborando de forma deliberada ou não para a queda dele.

Segundo a avaliação interna, ele falaria demais. Teria vazado informações sobre o episódio da prancheta, jogada no chão em acesso de raiva no intervalo do jogo contra o Corinthians, e também do pedido de demissão de Michael Beale.

Ele gostava também, segundo a avaliação, de conversar muito com jogadores, posando de bacana e legal, enquanto Ceni seria o "chato". Sua declaração de que futebol é coisa simples, com cada jogador em sua posição, para justificar Buffarini, foi considerada "trairagem" com Ceni, que escalou Araruna na direita.

Dorival teve um histórico complicado com auxiliares como Elano e Marcelo Fernandes, mas não pediu a saída de Pintado. Disse apenas que traria dois auxiliares de campo, o filho Lucas Silvestre e Leonardo Porto.

A saída de Pintado, Haroldo Lamounier, preparador de goleiros, e de Zé Mário Campeiz, preparador físico, desmontam a comissão técnica permanente, uma ideia pioneira e que fez sucesso no São Paulo. Ela pode voltar, com outros nomes. Os demitidos foram mal avaliados, tecnicamente falando.

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Menon