Blog do Menon

Adeus ao Tio Maurício. Raí é Roger que me perdoem

Menon

Estou na estrada, de ônibus, indo para Casa Branca, ver, pela última vez o corintiano Maurício Bacci.

Mentira, vou ficar de longe. Nunca olho. Prefiro lembranças. Ele me ligava em todos os aniversários. Na véspera de toda viagem internacional. Sempre demonstrava amor e orgulho.

Eu o presenteei com livros do Daniel Augusto Jr e do Vitor Guedes. Enquanto a catarata não veio, ele de deliciava. ''Que foto bonita, como escreve bem esse rapaz'.

Em novembro, com os pés no chão, me disse.

Não vou ver mais o Corinthians campeão.

Imagina, tio, o senhor está forte.

To nada, mas não é por isso, não. O time é muito fraco.

Eu disse que não, conversamos um pouco e…agora estou na estrada.

Deixo para depois dois posts.

O Palmeiras mostrou sua força. É bem superior. Tem, na reserva, o quarteto Keno, Guerra, Michel e Bigode.

Tem ponta na base, Raí. O São Paulo busca dois atacantes de lado. Melhor observar Caíque, Cipriano, Paulinho Boia, Morato, Brenner e Helinho, meu favorito. O foco deve ser um centroavante e um lateral.

 



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.