Blog do Menon

Cristiano Ronaldo tirou um joelho da cartola

Menon

Nara Leão era linda e cantava muito bem. Sem vozeirão, praticamente sussurrava e foi a Musa da Bossa Nova. Tinha pernas bonitas e, com pitada de machismo, era chamada de Joelho que canta.

Cristiano Ronaldo é incontestável. Ninguém mais fala de sua fixação pelo telão e de seus cuidados estéticos. Não é, já há algum tempo, um ponta. No centro da área, se novo habitat, é um matador.

E faz gol até de joelho. Não foi por acaso. Era a solução para a jogada, após o tapa de Aréola. Só havia uma resposta correta. E ele tirou o joelho da cartola.

Foi o gol da virada, completada com Marcelo. Antes, ele havia feito um, de pênalti. E ninguém se lembrará que perdeu dois dentro da área.

Craque resolve. Mesmo com o joelho.



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.