Blog do Menon

Peixe vence, apesar de Gabigol

Menon

O Santos entrou em campo como lanterna. e saiu em segundo lugar. Graças, em grande parte, a Rodrygo, nova e reluzente jóia. E apesar de Gabigol, joia que rodou o mundo é voltou, tão irresponsável e mascarado como antes de seu périplo.

O jogo começou tendo, com muitos amarelos. Dois deles, para Rodrygo e Oliva, que se estranharam em uma disputa. Então, Gabigol foi lá e também levou seu amarelo. Desnecessário.

Sasha fez de cabeça e, no final do primeiro tempo, Gabigol conseguiu novo amarelo. Entrou feio em Polenta, que tinha a bola dominada.

O Santos jogaria o segundo tempo todo com dez. Seria duro. Mas Rodrygo, com uma linda arrancada, desde o seu campo, marcou logo no início e vacinou o time contra a bobagem de Gabigol.

Artur Gomes sofreu e perdeu um pênalti. Oliva diminuiu, mas Sasha fez o terceiro em seguida.

Bela vitória, necessária vitória, apesar de seu jogador mais caro, mais infantil e e mais irresponsável.