Blog do Menon

Rildo ainda não foi preso?

Menon

Fatalidade.

É assim que jogadores de futebol reagem quando ocorre uma fratura em virtude de agressão disfarçada em dividida.

Fatalidade é quando uma criança de Angola perde a perna porque pisou em uma mina abandonada há décadas após o final da guerra de libertação.

Fatalidade é andar pela calçada, distraído, e ser atingido por um piano ou cocô de pombo.

A perna de João Paulo não foi quebrada por fatalidade. Foi fruto de uma ação maldosa, digna de taekwondo.

Eu não mato. Só aperto o gatilho. Quem mata é Deus.

Rildo apertou o gatilho.

Precisa ser punido duramente. O que fica mais difícil porque o soprador de apito optou pelo amarelo.

Só espero que João Paulo recuse uma visita marqueteira no hospital.