Blog do Menon

Brasileirão – Dez toques (1)

Menon

Rodriguinho comandou o Corinthians na vitória sobre o Fluminense. Fez os dois gols, como já havia feito outros dois, contra São Paulo e Palmeiras, que resultaram no título paulista. É o dono do time.

Arbitragem sob suspeita. Suspeita técnica, bom que se diga. Os árbitros são ruins e os jogadores não ajudam. E a CBF, que tem muito dinheiro não banca o árbitro de vídeo. É um erro culpar os clubes foram contra a implantação do VAR. A culpa não é deles. A culpa é da CBF.

Rildo voltou ao Vasco e cavou um pênalti decisivo. Dia 26 haverá um novo julgamento mas parece que a história de ficar ausente enquanto João Paulo, que ele machucou em um lance grotesco, não puder voltar é pura ilusão.

Furacão goleou a Chapecoense. E jogando muito bem, com trocas de posição e muitos passes. Fernando Diniz está se saindo muito bem em seu primeiro teste em um time grande. E a opção de jogar o estadual com time de garotos deu certo. Foram campeões.

Coelho goleou em seu primeiro clássico. Venceu o Sport com facilidade. Foram três pontos conquistados dentro do ''seu campeonato'', contra um rival direto. Foi um salto contra o rebaixamento. E o Sport vai mal, vai muito mal.

Rodrygo é mesmo um novo raio a cair na Vila. E dos mais luminosos. Só para lembrar: Pelé, Juari, Robinho, Diego, Neymar…Muito bom o trabalho do Santos na base. É a salvação.

Gustagol, do Fortaleza, fez um gol de falta aos 49 minutos do segundo tempo, garantindo a vitória por 2 x 1 sobre o Guarani. Uma cobrança maravilhosa, típica de Rogério Ceni. O atacante disse que tudo foi muito bem treinado no dia anterior. É bonito de ver quando o trabalho dá resultado.

Coritiba fez uma partida apavorante (para seus torcedores) diante do Sampaio Correia. Totalmente dominado, sem fibra e sem nenhum alento técnico. O treinador já caiu. E os jogadores.

Cléber Gladiador chega ao Fluminense. Pode até ajudar o time, mas é uma prova de como nosso futebol está em baixa. É um jogador que não respeita o clube, está sempre dando um jeito de sair e que há tempos não apresenta resultados.

Náutico e Santa Cruz empataram na Série C. Uma tristeza ver dois times de tradição, com torcida e títulos se arrastarem tão longe da elite do futebol brasileiro. Falta de gestão para fazer a paixão obter resultados. Que subam logo