Blog do Menon

Bahia castiga Santos na última bola

Menon

O Bahia viu a justiça se concretizar no último minuto, quando ela já não era uma certeza cristalina. Explico: o melhor momento dos baianos foi no primeiro tempo, principalmente com um início fulminante.

O Santos foi acuado. E não conseguia sair porque Jean Mota, Alison e Cittadini estavam firmes no programa Criatividade Zero. E como Gabigol, Sasha e Rodrygo não voltavam, havia um bom espaço para o Bahia, comandado por Zé Rafael, trabalhar.

O segundo tempo veio com melhora do Santos, por conta da mudança de postura dos meias, que se aproximaram mais dos atacantes.

Houve equilíbrio, mas com muitos cruzamentos. Bom para os goleiros. O jogo mostrou também a volta de Bruno Henrique, após três meses. Recuperou-se do problema na vista. Salve.

O jogo se arrastou até o último lance, quando Júnior Brumado mostrou força de centroavante e definiu o jogo.