Blog do Menon

Militão: 5 milhões de euros

Menon

Valdo, pai de Militão, disse ao jornal A Bola, de Portugal, que seu filho se despedirá do São Paulo no clássico, antes de se integrar ao Porto.

Dirigentes do São Paulo me garantiram na semana passada que só liberariam o jogador em caso de uma compensação de 5 milhões de euros. Caso contrário, preferiam contar com ele até o final do ano, quando termina seu contrato e depois cedê-lo de graça.

O argumento? Um, dois, três milhões de euros não resolvem o problema. Melhor continuar com um jogador muito importante para o sonho do título.