Blog do Menon

Bruno Henrique distorce a realidade

Menon

Os gols de Bruno Henrique deram a vitória ao Palmeiras. Três pontos importantes. Por dois motivos.

O primeiro, logicamente, é impedir que a distância para o Flamengo ficasse em dez pontos, que seria muito.

O segundo foi brecar a sequência de partidas em que o Palmeiras sai na frente e cede o empate. Foram três jogos seguidos. Seria o quarto, dessa vez com duas vantagens perdidas no mesmo jogo.

Mas, se a vitória foi boa nesses dois aspectos, será um grande erro considerar que está tudo resolvido.

O Palmeiras precisa melhorar e não melhorou durante a parada da Copa. Pelo menos, não deu mostras seguras de melhorar.

No aspecto técnico, houve pouca projeção dos laterais e o jogo ficou muito centralizado.

No aspecto anímico, novamente o time se comportou de maneira frágil na hora de defender a vantagem conquistada. No caso, nem foi conquistada. Foi um presente de Juninho.

E Roger? Tirou Dudu e colocou Jean para garantir o 2 x 1. Levou o empate. Tirou o volante Felipe Melo e colocou o atacante Deyverson. Uma casquinha do novato (no jogo), gol de Bruno Henrique.

Roger genial?

Não é e nem precisa ser. Basta fazer o time andar. E vencer jogando bem.