Blog do Menon

Conmebol expulsa pobres do campo

Menon

Está confirmado: a Libertadores-19 será decidida em jogo único. Santiago.

Está confirmado: a Sul-americana-19 será decidida em jogo único. Lima.

Está decidido: torcedor pobre está obrigado a ver a final pela televisão.

Já não está fácil por conta dos preços abusivos. Agora, é definitivo: a final é para ricos.

Lembrando da edição passada, quando o Grêmio venceu o Lanús. Quantos gremistas iriam até Santiago alentar seu time? Talvez muitos, mas, com certeza, nenhum pobre.

Se ainda houvesse estradas boas ou trens, como na Europa. Aqui, em Ursal, não. É avião.

É a elitização do nosso amor.

A Conmebol quer uma Libertadores limpinha para ser aceita pelos europeus. Um jogo só é mais fácil de ser vendido.

Tudo é feito pela ótica do viralatismo. Querem imitar a Liga dos Campeões. Nada a ver. Tudo é diferente. Para o bem e para o mal não somos europeus.

Queremos mata-mata. Queremos do nosso jeito: com briga, com ofensa, com pressão, com o pacote todo.

Jogo único? Asséptico? Com show no intervalo?

Obrigado.

Não sou vira-latas.

Tags : conmebol



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.