Blog do Menon

Juiz e Fábio eliminam o Santos

Menon

Não há desatenção, desmaio, perda dos sentidos, não há nada que justifique o erro do árbitro Rodolfo Toski, terminando o jogo com Gabigol à frente de Fábio.

Não há irritação, revolta, passe de macumba, promessa de Fábio. Não há nada que justifique três jogadores profissionais errarem três pênaltis seguidos

Bem, há. No primeiro caso, a ruindade da arbitragem brasileira.

No segundo caso, o grande nível técnico, há mais de dez anos no gol do Cruzeiro.

Duas constatações do jogo:

Mano Menezes continua jogando no limite do risco. Um dia, a casa cai.

Cuca conseguiu sua primeira vitória no Santos. Precisa de muito mais. Um centroavante, por exemplo.

 



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.