Blog do Menon

Camisa de Senna, futebol de Nakajima

Menon

Saudades do Diário Popular. Muitos amigos. Um deles, Nelson Nunes é quem fez o desabafo acima, que transformei em título do post.

O coração alvinegro extrapola o sentimento. Pode até ser exagero. Mas que o Corinthians jogou mal, jogou. Homenageou Ayrton Senna na camisa, mas quem parecia estar em campi era Satoru Nakajima.

Paquetá é um ótimo jogador. Fez dois gols e iniciou a jogada do terceiro, mas teve sua vida facilitada pela defesa. Dois gols de escanteio. A bola via e ninguém consegue tirar.

Gabriel, como lateral, foi péssimo. Levou um baile de Vitinho.

O ataque não funcionava e Jair Ventura colocou um sub-20, Pedrinho, e dois sub-40, Danilo e Sheik. Vai virar de que jeito?

O time ficou aberto e levou o terceiro.

Na decisão da Copa do Brasil, o time precisa jogar muito mais. Como? Buscando força na mística da camisa e na força da torcida. Porque, além disso que entraram, tem o Roger. Não é animador.



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.