Blog do Menon

André Jardine é a melhor opção

Menon

A efetivação de André Jardine como treinador do São Paulo para 2019 seria a melhor decisão a ser tomada por Raí. No mínimo, seria uma brisa de modernidade, Após comportar-se como um cartola das antigas na demissão de Aguirre.

Jardine tem muitas qualidades.

É um dos maiores vencedores nas categorias de base, atuando no São Paulo, Grêmio e Inter.

É adepto de um futebol agradável, com posse de bola, sempre buscando o ataque.

O São Paulo tem apostado nele. Foi integrado à comissão técnica permanente e esteve na Europa se atualizando.

Tem um conhecimento muito grande da base do São Paulo. Importantíssimo. Basta ver dois casos específicos.

1) Rojas só voltará a jogar no Brasileiro. Outro treinador pedirá um reforço. Jardine poderá fazer a transição definitiva de Helinho, Anthony ou até Caíque. Os dois primeiros são jogadores de futuro enorme.

2) Shaylon. O meia era destaque do sub-20. Ceni o tirou da Libertadores-17 para levá-lo ao profissional. Nunca rendeu bem. Com Jardine, pode se recuperar.

O que há contra Jardine?

O medo de que não tenha bagagem para comandar um grupo de veteranos? Bem, se não tem agora, aos 39 anos, não terá nunca.

O medo de ''queimar'' um treinador de futuro? Aí, eu me lembro da camisa de gola rolê que minha mãe me deu quando eu tinha 15 anos. Estava na moda. Mamãe não queria que eu usasse todo dia. Dizia que ia estragar. Então, cresci para cima e para os lados. E usei muito pouco.

Está na hora de Jardine. Se não der certo, ele seguirá a vida em outro clube. Vitorioso será, sem dúvida.

As outras opções são Mano Menezes e Abel. Mano está empregado e sua vinda custaria muito dinheiro. Abel não tem feito bons trabalhos.

O São Paulo precisa apostar no futuro. Jardine é o nome.

 



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.