Blog do Menon

Até agora, contratações sem nenhum impacto

Menon

Até agora, tarde de terça-feira, 11 de dezembro, oito dias após o final do Brasileiro, os clubes da Série A fizeram contratações de pouco valor financeiro ou técnico. Com raras exceções, são jogadores que chegam para disputar posição. Nenhum deles é homem para mudar o patamar de uma equipe.

Uma seleção:

João Carlos (CSA) – Uma contratação para agitar o mercado interno, apenas. João Carlos jogava no CRB, o grande rival. Fabrício, também goleiro, veio do Boa Esporte para o CSA.

Igor (São Paulo) – O lateral pertence ao Ituano e estava emprestado à Ponte Preta. Fez bom campeonato, contundiu-se e perdeu a posição. O Corinthians contratou Michel Macedo em outubro. E o CSA trouxe Régis, que estava no São Paulo.

Luciano Castán (CSA) – É o irmão menos famoso. Leandro, o melhor deles, está deixando o Vasco para jogar no Corinthians.

Robson Bambu (Furacão) – Um jogador de muito futuro, que estava jogando bem no Santos, mas que não renovou contrato. O Santos, um time com dificuldades financeiras comete o desatino de perder uma revelação para outro clube brasileiro.

Leo Pelé (São Paulo) – O lateral começou no Fluminense com fama que não se confirmou. Fez bom campeonato no Bahia. O Fortaleza contratou Carlinhos, ex-São Paulo e Fluminense. O CSA trouxe Pedro Rosa.

Richard (Corinthians) – Volante se destacou no Fluminense e foi autor do gol que salvou o time do rebaixamento. O Ceará contratou William Oliveira e o CSA investiu em Jhonnatan, Amaral e Mauro Silva.

Zé Rafael (Palmeiras) – Um nome que dá esperança. Fez dois bons campeonatos pelo Bahia e já estava acertado desde o ano passado.

Arthur Cabral (Palmeiras) – Um dos grandes goleadores do ano, fez ótimo campeonato pelo Ceará.

André Luiz (Corinthians) – Fez bom campeonato na Série B, pela Ponte Preta. O CSA contratou Lohan, que foi bem no Figueirense. O Corinthians trouxe também Gustavo Mosquito.

Fábio Carille (Corinthians) – O grande nome do mercado é  um treinador. O multicampeão está de volta ao seu time. O Flamengo assinou com Abel. O São Paulo efetivou André Jardine e o Goiás firmou com Maurício Barbieri.

A segunda semana pode movimentar o mercado. Felipe Melo no Flamengo? Arão no São Paulo? Sornoza no Corinthians.

Tags : mercado



*As opiniões expressas neste blog são de responsabilidade do autor.