Topo
Blog do Menon

Blog do Menon

Categorias

Histórico

Majestoso apontará o pior campeão dos últimos anos

Menon

2019-04-20T19:12:02

19/04/2019 12h02

Corinthians ou São Paulo? Quem será o pior campeão dos últimos anos? Não é um desprezo, em hipótese alguma. A torcida campeã tem muito o que comemorar e a festa deve ser imensa. E seria a mesma coisa se o Palmeiras estivesse na final.

É bonito ser tricampeão seguido. É bonito ser campeão com vários garotos. Tudo será louvado, por todos e por mim. Mas, aqui e agora, quero fazer uma reflexão sobre a pobreza atual do futebol brasileiro.

Fui almoçar com uns amigos e Nelson Nunes, o decano de nossa turma, disse que os técnicos brasileiros estão matando o melhor futebol do mundo.

Concordo. Não basta quase todos terem o mesmo esquema, também adotaram a mesma atitude. A mesma atitude conservadora/medrosa/covarde dos três últimos treinadores da seleção.

Os times entram em campo para não perder. Se der, empata. Felipão é assim, com sua troupe milionária. Tite é assim. Foi assim na Copa, fiel ao seu Conceito, sem levar um jogador que fosse, capaz de alguma coisa diferente, de alguma surpresa.

Se eles são assim, por que outros seriam diferentes? Treinadores novos como Zé Ricardo, Jair Ventura, Barbieri e Alberto Valentim sucumbiram à mesmice.

Carille também. O Corinthians, lembra o Decano, joga da mesma forma cautelosa/medrosa/covarde contra a Chapecoense ou o Barcelona. Impressionante. Só falta comemorar derrota por apenas 1 x 0.

Não é igual ao outro Corinthians de Carille. Aquele se defendia muito bem e tinha boas jogadas de ataque. Vencia com gol de Jô. No ano seguinte, sem Jô, vencia com Rodriguinho ou Jadson.

Agora, se defende mal – sofreu 22 finalizações do Santos e 19 do São Paulo – e vence com gol de….Cássio. Vence ou empata ou ganha nos penais.

E o São Paulo? O time reagiu no final do campeonato e trouxe alegrias que se justificam pelo passado ou pelo futuro. Não pelo presente.

A alegria por poder disputar um título, o que o passado vergonhoso tem negado e pelo futuro próximo, com a possibilidade de os garotos se firmarem e o time se fortalecer com Pato, Pablo, Vitor Bueno e Tchê Tchê.

Por enquanto, temos um time que chega ao último jogo após três empates sem gols. E, não me joguem pedras, mas façam uma reflexão: Antony tem um grande futuro, brilhante futuro, mas já jogou algo próximo do que o equatoriano Joao Rojas?

O presente de Corinthians e São Paulo é ruim. Do Palmeiras também. Da grande maioria também. Todos jogam futebol feio, retrancado e sem alternativas. É um 4-2-3-1 que está muito mais próximo de um 4-5-1 do que um 4-3-3.

O medo de perder tira a vontade de ganhar, dizia Luxemburgo, um dos grandes treinadores do Brasil. Um Brasil que fica extasiado com Klopp e Guardiola e se conforma com o que tem por aqui. Ervas daninhas matando nosso futebol.

 

 

 

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Mais Blog do Menon