Topo
Blog do Menon

Blog do Menon

Categorias

Histórico

Arbitragem brasileira é uma piada. Pobre Agenor

Menon

2027-05-20T19:10:55

27/05/2019 10h55

Um velho ditado do futebol: juiz bom é aquele que não é notado. Árbitro bom é aquele que não interfere no resultado da partida. Fica na sua, só usa a autoridade em último caso.

No Brasil é diferente. Querem aparecer a todo custo. Gritam com jogadores, entram em meio de discussões e distribuem cartões como serpentina em carnavais antigos.

O Botafogo recebeu onze do árbitro Paulo Roberto Alves Junior no jogo contra o Palmeiras. Quatro deles no lance do pênalti.

Que pênalti?

Aquele que o juiz não viu. E depois mudou de ideia ao utilizar o VAR. Ora, independentemente de estar certo ou errado, é um lance que deixa o jogador nervoso. O juiz pode não ver e depois ver. E o jogador tem de ficar calado.

E o Igor Benevenuto? Deu cartão amarelo para o goleiro Agenor por reclamação. E outro por haver se adiantado na cobrança do pênalti.

Pela regra, ele está certo. Mas que regra estúpida, não? O Fluminense fica com um a menos por um excesso da arbitragem. Precisa contemporizar, conversar, avisar… Não, eles querem aparecer. Querem punir.

E agora, com o VAR assumiram a postura de caçadores de pênaltis perdidos. Apitam pênalti até por conta de um aperto de mão na área.

O próximo passo é expulsar quem falar palavrão.

Querem tirar o contato do futebol. Transformá-lo em esgrima. Ou queimada.

 

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Mais Blog do Menon