Topo
Blog do Menon

Blog do Menon

Categorias

Histórico

Brasil fez um Mundial digno

Menon

09/09/2019 12h12

A derrota para os Estados Unidos era esperada. Sempre é. Mesmo quando eles têm um time C, são favoritos. Afinal, são 12 jogadores da NBA.

Em casos assim, é bom enfrentar os EUA logo no começo, quando ainda não formam uma equipe coesa. Quando ainda funcionam mais como soma de individualidades e não coletivamente.

A Turquia teve a chance. Perdeu quatro lances livres, permitiu a prorrogação e caiu fora.

Mas, quem mandou o Brasil pegar os EUA? Não foi culpa de um mais desempenho na primeira fase. O Brasil foi bem, ganhou três seguidas e perdeu para a República Tcheca, quando fez um jogo muito ruim.

E tem a questão do sorteio. Foi padrasto para o Brasil e uma mãe para a Argentina. Ela disputou a passagem para as quartas contra a Venezuela, enquanto o Brasil pegava os tchecos.

Enfim, a classificação vai ser terrível. Talvez o 13° lugar, mas alguma coisa boa ficou, como as participações de Varejão e Alex. Pena que estejam em final de carreira. No máximo, chegam a Tóquio.

Para isso, é preciso vencer o Pré-Olimpico. Serão quatro, com seis equipes cada. Estarão forças como Lituânia, Grécia, possivelmente França, além de convidados como Croácia e Eslovênia. Tomara que o Brasil consiga ser sede.

A realidade atual é está. Não adianta lembrar de glórias passadas. O Brasil piorou muito e as questões geopolíticas atrapalharam muito. A Iugoslávia era um time só; agora tem Croácia, Sérvia e Eslovênia. A URSS tem Rússia e Lituânia.

O que dá para esperar é ficar entre os oito. Para concretizar, precisa de basquete, suor e dignidade. Tivemos tudo e ficamos em 13°.

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Mais Blog do Menon