PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Pato Sánchez coloca o Santos na Libertadores

Menon

17/10/2019 22h00

Poucos jogadores são tão letais na bola parada e tão eficientes nos cruzamentos como Carlos Sánchez, o Pato Sánchez.

Na Copa do Mundo, foi seu pé esquerdo que deu início às ótima campanha do Uruguai. O jogo contra o Egito estava 0 x 0 e caminhava para os acréscimos.

Houve uma falta no lado direito do ataque. Ele colocou a bola na cabeça de Gimenez. E gol.

No Brasileirão, foram sete gols. E muitas assistências. Duas no jogo contra o Ceará, para a virada, com gols de Sasha e Gustavo Henrique.

Não foi só. Um escanteio que quase termina com gol contra de Thiago Galhardo. E um outro, que a defesa rebateu e sobrou para Taílson quase fazer.

Com a difícil virada, o Santos chegou a 51 pontos, em terceiro lugar. Praticamente na Libertadores. A quarta vaga fica para Corinthians (44), São Paulo (43), Inter (42), Grêmio e Bahia (41). Ah, se eles tivessem um Pato Sánchez…

 

 

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Menon