PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Timão precisa comemorar péssimo empate. Podia ser pior

Menon

26/10/2019 19h19

O Corinthians empatou com o Santos em casa e, com a vitória do Inter sobre o Bahia, perdeu o quinto lugar.

Pode ver o Grêmio se aproximar (recebe o Botafogo) e o São Paulo abrir quatro pontos (recebe o Galo).

O que fazer?

Comemorar. Apesar de duas chances no final, com Sornoza e Love, o time jogou bem menos que o Santos, que teve 64% de posse de bola.

Sabe aquele período em que o Corinthians de Carille jogava sem brilho e sempre dava a certeza de que, uma hora ou outra, venceria? E vencia?

Acabou. Não tem mais. A impressão que fica e se confirma é que nada de excitante ocorrerá. E que a defesa vai segurar a onda.

Pode lamentar também. O Corinthians passa a certeza de que não tem jogo fácil. Nem o CSA na quarta-feira.

E o Santos? Gosto do Sampaoli, mas não concordo com Vanderlei, Ferraz e Pato Sanches no banco.

Com eles, seria mais fácil, acredito. Mas é um time que cultua o bom futebol.

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Menon