PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Wellington Paulista, top-20, salvou Rogério Ceni

Menon

26/10/2019 23h09

Muitas vezes, resumimos a tentativa de explicar um jogo à atuação do treinador.

Rogério afunda o Cruzeiro.

Rogério se vinga do Cruzeiro.

Ceni breca ascensão do Cruzeiro.

Seria injusto.

Rogério teve mais sorte do que juízo, isso sim.

Montou uma retranca danada, levou o gol aos 34 minutos do segundo tempo e, quando tudo parecia ir por água abaixo, apareceu Wellington Paulista e empatou.

Um gol de joelho. Ele tentou se levantar e….gol. Gol de quem está na área. Gol de quem sabe fazer gol.

Foi o 11° dele no campeonato. Alcançou Gilberto e está atrás apenas de Bruno Henrique e Gabigol.

Foi o gol número 92 de Wellington Paulista em Campeonatos Brasileiros. Ele se igualou a um gênio e um craque, Careca e Evair. Dividem o vigésimo lugar.

Superou Cláudio Adão, Deivid, Viola e Marcelinho Carioca.

Um atacante de respeito. Quem tem, se dá bem. Mesmo quando o treinador abdica de jogar bola.

 

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Menon