Topo
Blog do Menon

Blog do Menon

Categorias

Histórico

Luxemburgo merece julgamento justo

Menon

29/10/2019 12h47

Luxemburgo assumiu o Vasco na quinta rodada. O time tinha um ponto em quatro rodadas.

Havia muita desconfiança, após o mau trabalho no Sport em 2017. Algumas previsões:

O Vasco acabou de carimbar sua passagem para a Série B.

Boa sorte ao Vasco. Vai precisar.

Vai assumir, ganhar alguns jogos, brigar com todo mundo, o Vasco vai começar a perder e ele vai cair.

Perceberam? São críticas ligadas ao resultado.

Bem, depois de 24 rodadas com Luxemburgo, o Vasco chegou a 38 pontos. O Vasco, que tinha aproveitamento de 8%, passou a ter 58%.

Então, diante de resultados concretos, as críticas mudaram. Agora, dividem-se em duas vertentes

1) O resultado não é tão bom assim. Está de acordo com o orçamento do clube. Ora, o Flamengo é o time mais rico. Está em primeiro lugar. Então, Jesus não tem mérito algum.

Lógico que tem. O time joga um futebol espetacular. O que conta é isso, seu resultadista.

2) É mesmo? O que interessa é ter posse de bola e trocar muitos passes. É a única maneira de se jogar futebol. Resultado é só um detalhe.

Ora, amigos. O Vasco deve muito. Se caísse, teria uma diminuição terrível de cota. Teria dificuldade para subir.

E resultado não é importante?

Luxemburgo não faz o time jogar bonito, mas resgatou a autoestima da torcida, fez de São Januário um templo de amor, afastou quem não queria (e nem podia correr), criou um time competitivo, revelou Talles Magno e Pec, recuperou Ribamar e….está bom, não.

O Vasco tem uma base para 2020.

Tenho certeza que a torcida está feliz.

Pra mim, o trabalho é bom. Não sou parnasiano (a arte pela arte, ensinava o professor Rômulo, em Casa Branca, há 50 anos).

Luxemburgo merece um julgamento justo. Duvidavam de resultados. Ele deu. Pedem futebol bonito. Se ele conseguir, vão exigir revolução. Se ele revolucionar o futebol, pedirão triplos twists carpados em 3D…

Porque disso é que se trata. Luxemburgo é um cabra marcado para morrer.

 

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Menon