PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Boselli desmonta tese de Carille

Menon

06/11/2019 21h41

Tese de Carille: Boselli não pode jogar porque o elenco não foi montado para seu estilo.

Realidade: Boselli faz dois gols e o Corinthians vence após oito rodadas.

Boselli é um atacante indiscutível, que não merece contestação? Não, longe disso.

Carille podia optar pelos outros? Sim, não seria nenhum absurdo. O problema é pensar o futebol como O Pequeno Engenheiro, aquele jogo com bloquinhos de madeira.

É muito cabeça de planilha. Muita tese, muito número, muita figura geométrica.

Boselli fez muitos gols no México. Para dar certo, precisava de duas coisas: 1) jogar e 2) receber bons passes na área.

Não precisa ter um elenco formado. Não precisa de magia.

Carille não percebeu.

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Menon