Topo

Histórico

Categorias

A queda anunciada do "corintiano" Mano Menezes

Menon

01/12/2019 18h57

Quem duvidava da queda de Mano? Desde que assumiu, estava na corda bamba. É o terceiro técnico que mais vezes dirigiu o Corinthians. E a torcida palmeirense não o aceitaria calada.

E futebol, por mais que queiram os modernos, é assim. Baseado na paixão, no amor, no ódio.

Mano teria de ser muito mais do que é, muito mais do que a maioria é, para conquistar a torcida palmeirense. É como se Felipão fosse para o Corinthians.

E, além dessa característica do futebol brasileiro, o time do Palmeiras teve um comportamento omisso contra o Grêmio. Perdeu em casa.

Mano poupou jogadores contra o Fluminense para enfrentar o Flamengo. Perdeu para os dois. E, contra o campeão, novamente com um comportamento sem vergonha.

O "corintiano" Mano Menezes perdeu três jogos seguidos, dois deles em casa.

Caiu.

A vida é assim.

Ainda bem.

 

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Blog do Menon