PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Luan de 2017 seria perfeito. O de 2020 também pode ser

Menon

14/12/2019 04h14

O Corinthians pagou R$ 29 milhões por um grande jogador. Em baixa. Tomara que dê certo. Luan precisa de um recomeço. O Corinthians precisa de um craque.

A meu ver, Luan foi o grande injustiçado de Tite. Deveria ter jogado a Copa. Ou, pelo menos, ter tido oportunidades para mostrar que poderia teria ido ao Mundial.

Foi um gigante na Libertadores. Era um jogador inquestionável. Pagar R$ 20 milhões por ele, seria um pechincha. Só que o Grêmio não aceitaria. Responderia com uma risada.

E agora? Pode ser uma solução para o Corinthians, que sofre com Sornoza e Jadson. Pode também continuar sem achar o seu futebol.

Luan sabe jogar bola. Thiago Nunes é bom treinador. Que a torcida incentive e dê um tempo para que se acertem.

Há um problema extra a ser resolvido. Luan não é o que se convencionou chamar de "jogador com a cara do Corinthians".  Não é um jogador sanguíneo, está mais para cerebral. Por isso, é preciso paciência com Luan.

Sobre o Autor

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar.Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

Menon