Blog do Menon

Arquivo : ze rafael

Palmeiras aumenta a distância
Comentários Comente

Menon

E o seu time? Como está se preparando para a próxima temporada?

O Palmeiras, campeão brasileiro, já contratou Zé Rafael e Arthur. Aliás, já havia contratado há meses. Não eram necessários agora. Luxo.

Agora, tem Borja, Deyverson e Artur para a “centroavância”.

E tem Lucas Lima, Scarpa, Moisés, Guerra e Zé Rafael para do meio para a frente. Rafael Veiga pode voltar. E Hyoran.

Não, amigo, não embarqe na onda de que um elenco forte assim vai rachar. Vai se perder por ciúmes. Felipão dá jeito. O clube vai disputar tudo novamente. Com muitas chances.

Fernando Prass e Jaílson continuam. Dracena também. Continuam sendo úteis quando se lembra que são vários campeonatos por vir.

O Palmeiras saiu na frente. De novo. Quando seu time contratar o primeiro reforço para 2019, talvez o Palmeiras já tenha contratado o segundo para 2020.

 


Palmeiras está muito à frente dos outros. Zé Rafael e Nenê comprovam
Comentários Comente

Menon

Três jogos e três vitórias. Impossível ser melhor. Pelo menos, nos números. O Palmeiras está exatamente onde se esperava: na frente dos outros. O campo reflete a superioridade que vem de fora dele. Lindo estádio, sempre lotado e patrocinadores fortes. Ou seja, muito dinheiro. E, se dinheiro manda no mundo, por que não mandaria no futebol? Parabéns ao Palmeiras, que soube sair da crise. Um aviso aos outros, que precisam correr muito/

Logicamente, pode-se falar o outro lado. Ganhou de um time pequeno, de virada, após o goleiro defender um pênalti e o adversário ter um jogador expulso. E foram dois gols de zagueiro. E um deles, em impedimento. Tudo correto, nada a contestar. Mas, quem ficar com análise rasa, quem entrar na onda do chororô, vai ficar cada vez mais para trás.

Quer ver um exemplo do domínio verde? Atende pelo nome de Zé Rafael. O Palmeiras entrou em um acordo com o Bahia. Se algum time quiser contratar o meia, o Palmeiras precisa ser consultado. Se igualar a proposta, fica com ele. Ou seja, nem está precisando agora, mas já deixa encomendado. E vai observando a evolução do meia, que veio do Londrina. Acho que isso aí é o tal “monitorando”, novo chichê dos jornalistas.

Enquanto o Palmeiras tem Guerra, Lucas Lima, Scarpa, Dudu e monitora (aderi ao clichê, mas é só hoje, juro) Zé Rafael, 24 anos, o São Paulo vai trazer Nenê, com 36 anos. No futebol, 12 anos de diferença é como Nenê ser avô de Zé Rafael. É engraçado. Treinador fica falando em intensidade, repete que treinos devem buscar intensidade e aceita (ou pede?) jogador em final de carreira. Fará gols de pênalti e de falta e….nada más. Basta ver sua participação no Vasco. Esse é o problema também de os jovens não desabrocharem logo. A bola está pulando para Shaylon e Lucas Fernandes e…nada.

Sou contra fairplay no campo. Para mim, é meio de vida (essa é velha) de juiz. Não precisa tomar decisão e o jogador é que precisa parar o jogo. Também não entendo muito de fairplay financeiro. Acho que sou um capitalista desalmado, adepto do quem pode mais, chora menos. E o Palmeiras, após superar gestões corruptas e ineficientes, após chorar muito, está com um sorrisão enorme e merecido. E, quando Thiago Santos faz dois gols, é  um aviso de que a felicidade não tem ano para terminar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>